Correio do Povo | Notícias | Tempestade tropical mata 53 nas Filipinas

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

  • 31/12/2014
  • 08:32
  • Atualização: 08:35

Tempestade tropical mata 53 nas Filipinas

Na Malásia, 21 pessoas morreram e oito estão desaparecidas

Tempestade tropical mata 53 nas Filipinas | Foto: Erwin Mascarinas / AFP / CP

Tempestade tropical mata 53 nas Filipinas | Foto: Erwin Mascarinas / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Ao menos 53 pessoas morreram como consequência de uma tempestade tropical que atinge as Filipinas há três dias, enquanto na Malásia 21 pessoas morreram e 8 estão desaparecidas nas piores inundações sofridas pelo país em

décadas. O número de mortos nas Filipinas supera o do violento tufão Hagupit, que deixou 27 mortos no início de dezembro, segundo os últimos dados publicados nesta qurta-feira.

Apenas na cidade de Catbalogan, na província de Samar, 19 pessoas perderam a vida em um deslizamento provocado pelas fortes chuvas da tempestade Jangmi. Os ventos alcançaram até 210 km/hora. Mais de 80 mil pessoas foram retiradas de suas casas e terão que dar as boas-vindas ao novo ano em centros de acolhida habilitados pelas autoridades.

Em novembro de 2013, o supertufão Haiyan, o mais violento entre os que já tocaram terra, deixou mais de 7, 3 mil mortos no país. Por sua vez, na Malásia 21 pessoas morreram e outras 8 estão desaparecidas nas piores inundações registradas no país em décadas, segundo a polícia. Mais de 250 mil  pessoas precisaram deixar suas casas. No Estado de Kelantan, o mais afetado no nordeste do país, 158.476 pessoas foram deslocadas.