Correio do Povo | Notícias | Presa dupla suspeita de matar comerciante em Montenegro

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

  • 31/12/2014
  • 13:35
  • Atualização: 14:22

Presa dupla suspeita de matar comerciante em Montenegro

Crime ocorreu durante assalto na madruga de segunda-feira

Dupla matou comerciante em assalto | Foto: Bruno Zietlow / Jornal Ibiá / Especial CP

Dupla matou comerciante em assalto | Foto: Bruno Zietlow / Jornal Ibiá / Especial CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Delegacia de Polícia (DP) de Montenegro, no Vale do Caí, anunciou a captura de dois homens envolvidos no assassinato do comerciante Marcos Antonio Junges, de 49 anos, ocorrido na madrugada de segunda-feira. Proprietário de uma fruteira, a vítima foi morta com um tiro no peito no km 31 da ERS 124, quando se deslocava com seu caminhão baú Ford Cargo para a Ceasa-RS, em Porto Alegre. O dinheiro dele foi levado. Um dos presos é irmão do gerente da fruteira. Ele e o cúmplice possuem antecedentes criminais.

A prisão dos criminosos teve apoio de colegas de delegacias da região e dos policiais militares do 5° BPM. A ação foi comandada pelos delegados Edilson Chagas Paim, Paulo Ricardo Costa e Marcos Eduardo Pepe, sendo cumpridos três mandados de prisão e outros cinco de busca e apreensão nas cidades de Triunfo e Montenegro.

No assalto, o comerciante estava acompanhado do filho que conseguiu fugir para um matagal e escapou de ser morto. A quadrilha que efetuou o ataque, com os criminosos armados e com toucas, utilizou um Fox e um Astra para interceptar o caminhão da vítima na rodovia.

Os policiais civis pretendem agora apurar se os dois suspeitos presos também tentaram roubar o comerciante no final de outubro deste ano. Responsável pelas investigações, o delegado Marcelo Farias Pereira, da DP de Montenegro, já desconfiava que os ladrões tiveram informações privilegiadas para atacar a vítima no momento em que estivesse com dinheiro. A prisão do irmão de um funcionário do comerciante confirmou a hipótese do delegado. Na semana passada, um outro criminoso já havia sido detido. O trabalho investigativo da DP de Montenegro vai prosseguir para capturar o último envolvido que está foragido.