Correio do Povo | Notícias | Jornal: executivos da Camargo Corrêa fecham acordo de delação premiada

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

  • 27/02/2015
  • 23:18
  • Atualização: 23:33

Jornal: executivos da Camargo Corrêa fecham acordo de delação premiada

Dalton Avancini e Eduardo Leite devem fornecer informações sobre contratos da Petrobras

  • Comentários
  • Correio do Povo

Dois executivos da empreiteira Camargo Corrêa fecharam acordo de delação premiada com a justiça, nesta sexta-feira. A informação é do portal Estadão, sobre a decisão do diretor-presidente, Dalton dos Santos Avancini e do vice, Eduardo Hermelino Leite de trocarem informações sobre o suposto cartel que controlaria contratos da Petrobras em troca da redução de pena.

Ainda segundo o Estadão, a dupla concordou em pagar multa de R$ 5 milhões. Avancini e Leite são os primeiros executivos das companhias investigadas a aceitar um acordo de delação com os investigadores da Operação Lava Jato, comprometendo-se a apontar nomes de outros envolvidos.

Entre dirigentes da empresa e membros de partidos políticos, 13 firmaram acordo de colaboração. Entre eles estão o ex-diretor Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef.