Correio do Povo | Notícias | Prefeitura de São Leopoldo alerta população dos perigos do escorpião amarelo

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

  • 27/11/2018
  • 10:51
  • Atualização: 11:42

Prefeitura de São Leopoldo alerta população dos perigos do escorpião amarelo

Recomendação é que moradores mantenham caixas de gorduras e ralos limpos para evitar a proliferação do animal

Em caso de picadas do escorpião amarelo, paciente deve ser encaminhado ao Hospital Centenário | Foto: Divulgação / CP

Em caso de picadas do escorpião amarelo, paciente deve ser encaminhado ao Hospital Centenário | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Stephany Sander

Devido aos casos registrados com escorpião amarelo em Porto Alegre, a Vigilância em Saúde Ambiental de São Leopoldo, no Vale do Sinos, alerta à população que fique atenta aos perigos do animal, que vive em locais escuros e frescos, geralmente entre entulhos, caixas de gordura, ralos e restos de materiais de construção.

A recomendação é que os moradores mantenham os locais limpos e o lixo acondicionado em recipientes fechados, assim como ralos e fossas sépticas. Isso também evita a infestação de baratas, a principal fonte de alimento do escorpião amarelo.

No caso de visualização do animal, a vigilância orienta a evitar o contato e comunicar imediatamente a localização para a Vigilância em Saúde através do telefone (51) 3589-6556. Em caso de acidente, o paciente deve ser encaminhado ao Hospital Centenário.

Campo Bom

Já em Campo Bom, também no Vale do Sinos, a população tem se deparado com o escorpião preto. Contudo, de acordo com a prefeitura, a espécie encontrada na cidade no final da última semana não oferece riscos à população. Conforme o biólogo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Jeferson Müller Timm, a aparição do escorpião preto (Bothriurus araguayae) é mais comum na época de verão e, embora tenha uma picada dolorida, a espécie não é perigosa e não oferece risco de morte.