Correio do Povo | Notícias | Professores municipais de São Leopoldo realizam ato na frente da Prefeitura

Porto Alegre, domingo, 22 de Setembro de 2019

  • 22/05/2018
  • 15:42
  • Atualização: 18:58

Professores municipais de São Leopoldo realizam ato na frente da Prefeitura

Categoria rejeita proposta de reajuste salarial e reivindica revisão do valor do piso

Sindicato não descarta possibilidade de uma paralisação geral caso não sejam atendidos | Foto: Stephany Sander / CP

Sindicato não descarta possibilidade de uma paralisação geral caso não sejam atendidos | Foto: Stephany Sander / CP

  • Comentários
  • Stephany Sander

Em campanha salarial deste fevereiro, professores municipais de São Leopoldo realizam ato em frente à Prefeitura da cidade nesta tarde. Segundo Andreia Nunes, presidente do Ceprol, sindicato que representa a categoria, a proposta de reajuste salarial apresentada pelo Executivo foi rejeitada por unanimidade.

"Queremos o reajuste do piso nacional do magistério, de 6,81%, enquanto a administração nos apresentou uma proposta com índice da revisão salarial pelo INPC, de 1,56% parcelados, sendo a primeira parcela paga somente em novembro", explica. Ela informou que questões que envolvem a aposentadoria dos educadores, pelo atual plano de carreira, também estavam na pauta de negociação do sindicato debatida durante a tarde com o prefeito Ary Vanazzi. Na reunião foi apresentada proposta de dois reajustes de 0,78% em novembro e em dezembro, sem retroatividade. A proposta será debatida nesta quarta-feira em assembleia dos servidores marcada para as 14h.