Correio do Povo | Notícias | Concluído em 2017, centro de reabilitação não tem data para abrir em Novo Hamburgo

Porto Alegre, domingo, 22 de Setembro de 2019

  • 02/01/2019
  • 08:58
  • Atualização: 10:03

Concluído em 2017, centro de reabilitação não tem data para abrir em Novo Hamburgo

Com capacidade para receber 700 pacientes por mês, estrutura custou R$ 4 milhões

A prefeitura prepara novo chamamento para contratar empresa | Foto: Lu Freitas / Divulgação / CP

A prefeitura prepara novo chamamento para contratar empresa | Foto: Lu Freitas / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Stephany Sander

Com as obras concluídas em outubro de 2017, o Centro Especializado em Reabilitação (CER) de Novo Hamburgo ainda não tem data para abrir. Construído na rua Doutor João Daniel Hillebrand, no bairro Rondônia, o local tem capacidade para atender até 700 pacientes por mês, de 15 cidades da região. O serviço voltado para pessoas com deficiência auditiva, física, mental e visual deverá atuar com estimulação precoce, atendimentos de reabilitação, prescrição e manutenção de próteses, integração e articulação com serviços de inclusão, educação, esporte e cultura, além de prestar orientação aos cuidadores e familiares.

O prédio, de mil metros quadrados, contou com investimentos de R$ 4 milhões, do governo federal, e tem a estrutura de um hospital, com 50 salas, entradas com acessibilidade, estacionamento e ambientes de convivência. Um chamamento público para a contratação de serviços especializados em Estratégia de Saúde da Família foi aberto. “Estamos realizando este chamamento público para contratar empresas, visando administrar ainda as USFs da Vila Palmeira, Mundo Novo e Petrópolis”, afirma o secretário de Saúde, Naasom Luciano. A abertura das propostas estava prevista para dezembro mas, conforme o Executivo, o edital foi revogado para readequações técnicas, e será reaberto. Ainda será necessário asfaltar a rua de acesso ao CER.