Correio do Povo | Notícias | PRF multa 53 motoristas por infrações relacionadas ao consumo de álcool no Norte e Noroeste

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de Junho de 2019

  • 02/01/2019
  • 11:10
  • Atualização: 11:18

PRF multa 53 motoristas por infrações relacionadas ao consumo de álcool no Norte e Noroeste

Nos cinco dias, foram fiscalizados 1.501 veículos e 1.943 pessoas abordadas

Foram cinco dias de fiscalização durante o feriadão | Foto: PRF / Divulgação / CP

Foram cinco dias de fiscalização durante o feriadão | Foto: PRF / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Agostinho Piovesan

A 8ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com sede em Sarandi divulgou na manhã desta quarta-feira o resultado da Operação de Fim de Ano, que começou dia 28 de dezembro. Os dados são das unidades operacionais em Sarandi, Seberi, Passo Fundo, Erechim e Lagoa Vermelha, regiões Norte e Noroeste do Estado. Segundo a PRF, 53 motoristas foram flagrados cometendo infrações relacionadas ao consumo de álcool. Cada motorista foi multado com R$ 2.934,70 e terá a CNH suspensa pelo período de um ano. Dois condutores estavam acima do limite previsto para o crime de embriaguez e foram presos.

O relatório da PRF aponta que os radares flagraram 711 condutores transitando em velocidade superior à permitida e, neste caso, o valor da infração varia de acordo com o excesso de velocidade, sendo que a menor corresponde a R$ 130,16 e a maior a R$ 880,41. Nas duas regiões nenhum acidente com morte foi registrado. Nos cinco dias, foram fiscalizados 1.501 veículos, abordadas 1.943 pessoas e realizados 712 testes de etilômetro. Foram 54 horas de radares durante o feriadão. No período, quase 200 usuários das rodovias foram sensibilizados em palestras e vídeos educativos.

Nas rodovias atendidas pelas unidades da PRF em Sarandi foram registrados cinco acidentes de trânsito que deixaram 14 pessoas feridas. Além disso, em 128 veículos o condutor ou passageiro não utilizavam cinto de segurança. Outros 26 motoristas foram multados por transportar criança sem o dispositivo de retenção adequado (bebê conforto, cadeirinha ou o assento de elevação). Em relação a ultrapassagens proibidas, foram abordados 101 motoristas. Os policiais alertam que esta é a principal causal dos acidentes graves. O valor da multa neste caso é de R$ 1.467,35.