Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

  • 12/04/2017
  • 18:15
  • Atualização: 18:32

Banco Central reduz taxa básica de juros para 11,25% ao ano

Medida confirma a expectativa da maioria do mercado financeiro

Banco Central reduz taxa básica de juros para 11,25% ao ano | Foto: Marcos Santos / USP Imagens / CP

Banco Central reduz taxa básica de juros para 11,25% ao ano | Foto: Marcos Santos / USP Imagens / CP

  • Comentários
  • AE e Agência Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, nesta quarta-feira, 12, por unanimidade, reduzir a taxa básica de juros, a Selic, em 1 ponto porcentual (pp), para 11,25% ao ano. A redução confirma a expectativa da maioria do mercado financeiro. A próxima reunião do Copom está marcada para os dias 30 e 31 de maio de 2017.

Com a redução de hoje, a Selic retorna ao nível de dezembro de 2014, quando também estava em 11,25% ao ano. De outubro de 2012 a abril de 2013, a taxa foi mantida em 7,25% ao ano, no menor nível da história, e passou a ser reajustada gradualmente até alcançar 14,25% ao ano em julho de 2015. Somente em outubro do ano passado, o Copom voltou a reduzir os juros básicos da economia.

A Selic é o principal instrumento do Banco Central para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA ficou em 0,25% em março, o menor nível registrado para o mês desde 2012.

Nos 12 meses terminados em março, o IPCA acumula 4,57%. Até o ano passado, o Conselho Monetário Nacional (CMN) estabelecia meta de inflação de 4,5%, com margem de tolerância de 2 pontos, podendo chegar a 6,5%. Para este ano, o CMN reduziu a margem de tolerância para 1,5 ponto percentual. A inflação, portanto, não poderá superar 6% neste ano.