Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

  • 21/11/2017
  • 07:28
  • Atualização: 08:15

Cpers bloqueia entradas da AL em protesto contra recuperação fiscal

Presidente Helenir Schurer afirmou que movimento não irá aceitar novo parcelamento do 13º salário

Cpers bloqueia entradas da AL em protesto contra recuperação fiscal  | Foto: Guilherme Testa

Cpers bloqueia entradas da AL em protesto contra recuperação fiscal | Foto: Guilherme Testa

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Um grupo de professores ligados ao Cpers/Sindicato bloqueou, no começo da manhã desta terça-feira, as entradas da Assembleia Legislativa, no Centro de Porto Alegre, em protesto contra o projeto de lei sobre recuperação fiscal, que será apresentado hoje pelo governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori. 

A presidente do Cpers, Helenir Schurer, afirmou que há pontos específicos do projeto que desagradam a classe de professores. "O ponto específico é o ajuste fiscal, porque é impossível para nós ficarmos seis anos sem reajuste de salário. Não podemos aceitar isso. Estamos aqui (na Assembleia Legislativa) para forçar a criação de uma ponte entre a Casa Legislativa e o governo do Estado porque temos uma preocupação real, que é o 13º. Não vamos aceitar o pagamento em 12 parcelas. Há muitas pessoas que esperam o 13º para pagar os juros do ano passado", explicou Helenir em entrevista à Rádio Guaíba. 

Helenir negou que o ano letivo esteja sob risco por conta das paralisações dos professores ou por causa da negociação com o governo do Estado. A presidente do Cpers chamou a atenção para o desgaste dos alunos, que serão obrigados a estar em salas de aula sem condições ideais. "Nós teremos crianças estudando em locais sem ar-condicionado, sem capacidade de aprender porque a gente sabe que isso afeta o ritmo dos launos", acrescentou.