Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de Abril de 2018

  • 27/03/2018
  • 21:50
  • Atualização: 22:03

Deputados do RS enviam ofício em defesa do Espanhol no Ensino Médio

Inglês passou a ser única língua obrigatória no novo currículo do MEC

Comissão recebeu protesto nesta terça-feira | Foto: Mariana Ramos / Especial CP

Comissão recebeu protesto nesta terça-feira | Foto: Mariana Ramos / Especial CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Deputados Estaduais do Rio Grande do Sul enviaram, nesta terça-feira, ofício em defesa da obrigatoriedade do Espanhol no currículo do Ensino Médio. A medida foi tomada em reunião da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa (ALRS). O ofício foi encaminhado ao Ministério da Educação (MEC) e à Secretaria Estadual da Educação (SEC).

No fim da tarde, a deputada Juliana Brizola ainda protocolou Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que torna a oferta da disciplina obrigatória, novamente, no RS. A PEC obteve 30 assinaturas, passando das 19 necessárias.

A alteração ocorreu em razão da Lei do Novo Ensino Médio (número 13.415/2017), que definiu como língua estrangeira obrigatória apenas o Inglês, prevendo a oferta de outros idiomas “em caráter optativo”, com preferência para o Espanhol. Na ALRS, os representantes do movimento “Fica Espanhol” apresentaram o histórico do assunto na legislação, como a lei 11.161/2005, pontuada pela professora Natalia Labella-Sánchez, da Universidade Federal do RS (Ufrgs).

“Nós procuramos sensibilizar a Comissão para a necessidade de manter a oferta do Espanhol nas escolas públicas, demonstrando sua importância social, cultural, política e econômica”, explica o professor Marcus Fontana, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e que integra o movimento. Os deputados ainda defenderam o Ensino do idioma, sobretudo pelo contato do Estado com países da América Latina.