Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Abril de 2017

  • 06/01/2017
  • 20:11
  • Atualização: 20:27

Brigada Militar nega ruptura de açude em Rolante

Inundação ocorreu pelo acúmulo de dejetos orgânicos em volta do Rio Mascarada

Brigada Militar nega ruptura de açude em Rolante | Foto: Alina Souza

Brigada Militar nega ruptura de açude em Rolante | Foto: Alina Souza

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Brigada Militar negou que tenha havido ruptura de açudes em Rolante, após o município ter sido atingido pelo temporal dessa quinta-feira e decretado situação de emergência nesta sexta-feira. Em trabalho conjunto com a Defesa Civil e com o Batalhão de Aviação da Brigada Militar de Capão da Canoa, os Bombeiros Voluntários de Rolante afirmaram que as equipes sobrevoaram no Vale da Paranhana e verificou-se a ocorrência de deslizamentos causados pelo alto volume de precipitação pluviométrica.

Com isso, as coberturas das encostas das elevações se liquifizessem e atingissem o rio Mascarada com enormes quantidades de dejetos orgânicos e principalmente sedimentos, em diversos trechos. Segundo a nota divulgada no Facebook, os bombeiros relataram que não observou-se rupturas de açudes e o acúmulo dos sedimentos causaram a obstrução das águas. A força da água causou a ruptura dos bloqueios e a consequente inundação da região adjacente.