Correio do Povo | Notícias | Prefeitura abre edital para empresas interessadas em executar a manutenção do Parque Harmonia

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Junho de 2019

  • 14/01/2019
  • 14:35
  • Atualização: 14:52

Prefeitura abre edital para empresas interessadas em executar a manutenção do Parque Harmonia

Vencedor da concessão deverá seguir projeto de cercamento do local

Cerca de 200 pessoas passam pelo parque semanalmente durante o ano | Foto: Alina Souza

Cerca de 200 pessoas passam pelo parque semanalmente durante o ano | Foto: Alina Souza

  • Comentários
  • Cláudio Isaías

Com uma despesa anual no valor de mais de R$ 586 mil para a realização da manutenção do Parque da Harmonia, a prefeitura de Porto Alegre publicou nesta segunda o edital para empresas interessadas no processo de concessão da área de lazer. A partir do edital, no formato de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), o Executivo municipal vai receber os projetos. A empresa vencedora deve definir as modelagens técnica, econômico-financeira e jurídica referentes à concessão do Parque da Harmonia, que a partir daí, deve ser cercado.

Durante a solenidade, o prefeito Nelson Marchezan Júnior afirmou que o processo servirá de modelo para outros parques e praças da cidade. “Teremos um local mais qualificado, com mais segurança e oferta de serviços, além de viabilizar a manutenção de outros espaços que precisam de atenção do poder público, como as praças”, destacou.

O secretário municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade, Maurício Fernandes, afirmou que com a concessão, o Município espera revitalizar o complexo, terceirizando a manutenção, operação, administração e conservação da área, num total de 17,5 hectares. A intenção é fazer do complexo um parque temático. O secretário de Parcerias Estratégicas, Bruno Vanuzzi, disse que esse edital é um chamamento para que a prefeitura receba projetos que resultarão em uma licitação. "As empresas interessadas possuem 30 dias para apresentar projetos e manifestar interesse no complexo. Depois desse período, outros 90 dias são destinados para reuniões onde as empresas irão explicar os projetos", ressaltou.

Um diagnóstico sobre o Parque Harmonia, realizado pela prefeitura, aponta que há carência de investimentos em estruturas permanentes; carência de atrativos para uso permanente da população; e dificuldade de recuperação do local após a realização do Acampamento Farroupilha. O estudo também evidencia o abandono do local ao longo do ano, resultando assim no aumento da presença de moradores de rua e o risco iminente de assaltos na região.

Serviços como a reforma da cancha de laço e regularização dos espaços do Galpão Crioulo e da Casa do Gaúcho são itens necessários apontados para a viabilidade da concessão.

O Parque Harmonia conta, atualmente, com apenas duas atividades que são realizadas anualmente: o Rodeio de Porto Alegre que acontece no mês de março e atrai cerca de 50 mil visitantes; e o tradicional Acampamento Farroupilha que é realizado em setembro e atrai mais de 1 milhão de visitantes. Nos demais períodos do ano, circulam cerca de 200 pessoas por semana no Parque da Harmonia, segundo o diretor de Projetos Especiais da Secretaria Municipal de Parcerias Estratégicas, Randolpho Fonseca.