Porto Alegre

29ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de Abril de 2018

  • 13/01/2018
  • 17:54
  • Atualização: 17:57

Sobe para 13 número de mortos em acidente na BR 251

Vítimas foram encontradas embaixo de ferragens dos veículos envolvidos na colisão

Colisão entre duas carretas, um micro-ônibus e uma van deixou outros 39 feridos neste sábado  | Foto: Samu Macro Norte / Facebook / Divulgação / CP

Colisão entre duas carretas, um micro-ônibus e uma van deixou outros 39 feridos neste sábado | Foto: Samu Macro Norte / Facebook / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AE

Subiu pra 13 o número de mortos no acidente ocorrido na manhã desse sábado, envolvendo duas carretas, um microônibus, e uma van na BR 251 em Grão Mogol, Região Norte de Minas, a 570 quilômetros de Belo Horizonte. As informações são do Corpo de Bombeiros. Inicialmente, a corporação afirmou que sete pessoas haviam morrido. No entanto, segundo relato do tenente-coronel Gouveia, comandante do Corpo de Bombeiros de Montes Claros, outros seis corpos foram encontrados ao se movimentar as ferragens dos veículos envolvidos no acidente.

Além das treze mortes, 39 pessoas ficaram feridas no desastre. Onze estão em estado grave e, um, em estado gravíssimo, segundo a corporação. As vítimas foram levadas para a Santa Casa de Montes Claros e para hospitais de Salinas e Francisco Sá.

Uma das carretas, que transportava papel, pegou fogo. A outra levava um caminhão. Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal, a estrada foi interditada nos dois sentidos, e parcialmente liberada às 14h30min. As causas do acidente estão sendo investigadas. "A BR 251 tem muitas curvas e trechos que apresentam elevado índice de acidentes", afirmou o tenente-coronel Gouveia.

Segundo os bombeiros, "as vítimas estavam muito mutiladas pela violência do acidente. Além disso, bolsas e documentos estavam revirados no interior e fora dos veículos, não sendo possível relacionar e identificar os pertences e documentos às vítimas fatais de imediato, o que deve ser feito pelo Instituto Médico Legal (IML).

Em 19 de junho do ano passado, 11 pessoas morreram em desastre na mesma estrada, em Salinas, também na Região Norte de Minas, envolvendo um ônibus que saiu de São Paulo e seguia para a Bahia.