Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

  • 13/11/2017
  • 09:48
  • Atualização: 12:27

Escolas da capital da Índia voltam a funcionar apesar da poluição

Medida foi declarada após autoridades de ensino temerem por consequências da interrupção prolongada das aulas

Medida foi declarada após autoridades de ensino temerem por consequências da interrupção prolongada das aulas | Foto: Dominique Faget / AFP / CP

Medida foi declarada após autoridades de ensino temerem por consequências da interrupção prolongada das aulas | Foto: Dominique Faget / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

As escolas de Nova Délhi voltaram a abrir nesta segunda-feira, após vários dias fechadas em consequência da poluição do ar, que permanece em níveis perigosos, gerando preocupação entre os pais. Os médicos declararam a capital indiana, que está há quase uma semana tomada por uma nuvem tóxica, em estado de emergência de saúde, o que levou as autoridades locais a decretar o fechamento das escolas, a interrupção das obras e a proibição de caminhões na megalópole.

Mas nesta segunda-feira, os alunos retornaram às aulas porque as autoridades de ensino temiam as consequências de uma interrupção prolongada das aulas, para irritação dos pais. "Não há nenhuma melhora dos níveis de poluição. Se a situação é a mesma, a política deveria ser a mesma. Por quê as escolas estão abertas agora?", questionou Ashok Agrawal, presidente da All India Parents Association. Ao meio-dial, o aparelho de medição da embaixada americana na Índia marcava uma concentração de partículas ultrafinas de 509 microgramas por metro cúbico de ar.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda não superar uma taxa de 25 de média em um dia. Os níveis registrados em Nova Délhi são nocivos para pessoas com boa saúde e as crianças representam uma população especialmente vulnerável.