Porto Alegre

33ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

  • 06/12/2017
  • 16:54
  • Atualização: 20:10

Decisão de Trump abre "os portões do inferno", diz Hamas

Líder do Movimento pediu aos países árabes e muçulmanos que "reduzam os laços econômicos e políticos"

Líder do Movimento pediu aos países árabes e muçulmanos que

Líder do Movimento pediu aos países árabes e muçulmanos que "reduzam os lanços econômicos e políticos" | Foto: Said Khatib / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O movimento islamita palestino Hamas afirmou nesta quarta-feira que a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel abre "os portões do inferno para os interesses americanos na região".

Ismail Radwan, um dos líderes do Hamas, falando a repórteres na Faixa de Gaza, pediu aos países árabes e muçulmanos que "reduzam os laços econômicos e políticos" com as embaixadas dos Estados Unidos e expulsem os embaixadores americanos.