Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 16 de Dezembro de 2017

  • 08/01/2017
  • 18:05
  • Atualização: 18:22

Ministério da Justiça agenda reunião com secretários de segurança sobre sistema prisional

Encontro acontecerá 17 dias após primeiro massacre de apenados, no Amazonas

Encontro acontecerá 17 dias após primeiro massacre de apenados, no Amazonas | Foto: Raphael Alves / AFP / CP

Encontro acontecerá 17 dias após primeiro massacre de apenados, no Amazonas | Foto: Raphael Alves / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

O Ministério da Justiça agendou para dia 17, em Brasília, uma reunião com secretários de todos os Estados e do Distrito Federal para tratar da crise no sistema penitenciário. A reunião irá acontecer, portanto, 17 dias depois do

primeiro massacre em presídios ocorrida neste ano, em Manaus (AM).

Até agora, 99 presos morreram no Amazonas e em Roraima nos primeiros dias de 2017. Em nota divulgada na tarde deste domingo, o Ministério da Justiça informou que a pasta está em "permanente contato" com as secretarias estaduais, "trocando dados e informações importantes neste momento".

De acordo com a pasta, na reunião serão discutidas medidas "imediatas" para a crise, com base em relatórios que estão em elaboração. A previsão é de que se discuta também a implantação de medidas do Plano Nacional de Segurança, lançado na semana passada, como a criação de 27 núcleos de inteligência na área e um cronograma de execução dos recursos federais liberados para a área em 2016.

Mais cedo, o Ministério da Justiça informou que autorizará o envio de ajuda federal para Estados que vivem crises no setor penitenciário. Até agora, a pasta falou em atender a solicitações do Amazonas, Rondônia, Mato Grosso e Roraima. No caso de Roraima, o ministro Alexandre de Moraes conversou com a governadora do Estado, Suely Campos (PP), que informou que irá solicitar o auxílio da Força Nacional no Estado. Moraes determinou o apoio ao Estado.