Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Julho de 2017

  • 12/01/2017
  • 07:19
  • Atualização: 08:04

Quatro homens da mesma família são mortos na zona Norte de Porto Alegre

Vítimas foram retiradas de casa e assassinadas a tiros em rua do bairro Sarandi

Quatro homens da mesma família são mortos na zona Norte de Porto Alegre  | Foto: Record TV / Reprodução / CP

Quatro homens da mesma família são mortos na zona Norte de Porto Alegre | Foto: Record TV / Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

* Com informações da repórter da Samantha Klein 

Quatro homens da mesma família foram mortos durante a madrugada desta quinta-feira na zona Norte de Porto Alegre. Segundo informações da Brigada Militar (BM), as vítimas foram retiradas de casa e mortas a tiros na Vila Elizabeth, no bairro Sarandi. 

A BM relatou que os homens foram rendidos e levados até a rua Jackson Figueiredo. No meio da via, todos foram alvejados. Testemunhas relataram à BM que cerca de 50 tiros foram ouvidos por volta das 2h. Ainda não há suspeitos para o crime. 

A Polícia Civil desconfia que as mortes tenham relação com a guerra do tráfico de entorpecentes, mas os familiares garantiram que as vítimas foram mortas por engano. Ainda não foi confirmado se eles tinham antecedentes criminais.

Corpo no Rubem Berta 

Ainda na zona Norte da Capital, um corpo foi encontrado dentro de um veículo roubado. O caso ocorreu no bairro Rubem Berta. A BM localizou o homem, ainda não identificado, após uma troca de tiros entre bandidos e policiais. Os agentes passavam pelo local quando perceberam dois carros e um caminhão roubados. Durante o confronto, um criminoso foi preso e os demais invadiram um condomínio e conseguiram escapar.

Já no Centro da cidade, o corpo de um homem, que também não foi identificado até o momento, foi encontrado na Praça Argentina no início da madrugada. A vítima foi morta por disparos de arma de fogo. Próximo à vítima foi encontrado um cachimbo utilizado para o consumo de drogas. A Polícia Civil vai investigar o caso.