Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

  • 12/11/2017
  • 18:31
  • Atualização: 18:36

Paralisação dos servidores da Polícia Civil deve terminar na terça-feira

Categoria entrou em greve devido ao novo parcelamento de salários

Policiais civis entraram em greve pelo segundo mês seguido | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

Policiais civis entraram em greve pelo segundo mês seguido | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

  • Comentários
  • Guilherme Kepler / Rádio Guaíba

A paralisação dos servidores da Polícia Civil gaúcha tem data para terminar. Conforme a Ugeirm, sindicato que representa os escrivães, inspetores e investigadores, as atividades devem ser retomadas na próxima terça-feira, data em que está prevista, por parte do governo do Estado, a quitação dos salários de outubro do funcionalismo.

Conforme o presidente do Ugeirm-sindicato, Isaac Ortiz, nesta segunda-feira os servidores irão se organizar nos postos de trabalho para retomar as atividades na manhã de terça-feira. “Nós encerramos a paralisação na próxima terça-feira com a quitação dos salários dos servidores. O que queremos é que a população entenda e nos ajude a combater a insegurança que se instaurou no Estado. E também explicar que a nossa paralisação se deu pelo parcelamento dos nossos salários”, explicou.

Pelo segundo mês consecutivos os servidores da Polícia Civil paralisaram as atividades devido ao parcelamento. Conforme a direção da Ugeirm, os serviços essenciais foram mantidos durante a mobilização.

Conforme o Piratini, os servidores estaduais com rendimento líquido entre R$ 6,5 mil e R$ 10 mil terão os salários de outubro depositados nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira. Isso integraliza 97% da folha do funcionalismo vinculado ao Poder Executivo. Já a quitação do salário dos 3% restantes ocorre, no máximo, até terça-feira.