Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

  • 13/07/2017
  • 16:29
  • Atualização: 16:30

Laudo aponta que bebê foi espancada antes de morrer em Santa Maria

Mãe e padrasto estão presos na penitenciária da cidade da região central

  • Comentários
  • Renato Oliveira

O Departamento Médico Legal de Santa Maria entregou na manhã desta quinta-feira à delegada Luiza Sousa Santos, titular da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente, o laudo da perícia que apurou a morte da menina de 3 anos, com suspeita de ter sido espancada pela mãe e pelo padrasto. O laudo aponta sangramento interno na cabeça, quebra da caixa torácica, hematomas e ferimentos por todo o corpo da criança que morreu ao dar entrada no Pronto Atendimento da Prefeitura, no bairro Patronato, em Santa Maria, à 1h30min de terça-feira.

A delegada instaurou inquérito para apurar as agressões sofridas também pelo irmão da menina, de cinco anos. O garoto, que depois da morte da irmã foi entregue a um tio, tinha múltiplas escoriações pelo corpo. A mãe, de 21 anos, está presa em uma cela isolada no Presídio Regional de Santa Maria e o padrasto, de 20 anos, está recolhido na Penitenciária Estadual de Santa Maria. A partir da próxima segunda-feira, a delegada pretende ouvir os parentes dos menores.