Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 21 de Novembro de 2017

  • 11/09/2017
  • 17:30
  • Atualização: 17:37

Dois homens são encontrados mortos em Roca Sales

Dupla foi morta com golpes de facas na região do pescoço

  • Comentários
  • Jessica Hübler

Dois homens foram encontrados mortos no início da manhã desta segunda-feira, no município de Roca Sales, no Vale do Taquari. Um deles foi identificado como Marcelo Soares Moraes, de 36 anos, natural de Porto Alegre e, até o momento, o outro não havia sido identificado, mas a Polícia Civil suspeita que também seja natural da Capital e que, possivelmente, pelas características, seja menor de idade. O crime aconteceu por volta das 4h da madrugada.

Conforme o delegado Silvio Huppes, os dois corpos foram encontrados por vizinhos, por volta das 8h da manhã, em uma residência, localizada no interior do município de Roca Sales, na localidade de Linha Augusta. Os vizinhos acionaram a Brigada Militar, que foi até o local, juntamente com a Polícia Civil e também o Instituto-Geral de Perícias (IGP).

A investigação parte do pressuposto de que houve uma execução, pois nenhum pertence das vítimas foram subtraídos da residência. “Um deles, o Marcelo, foi encontrado com disparos de arma de fogo e também lesões por facas e, o outro, foi assassinado apenas com facadas”, explicou o delegado Huppes, com base nas informações repassadas pelo IGP a partir da análise preliminar.

Todos os golpes com faca foram efetuados na região do pescoço das vítimas. Segundo Huppes, os dois haviam fixado residência em Roca Sales há cerca de duas semanas. “Provavelmente esses indivíduos tenham vindo se esconder, se abrigar aqui no interior do Estado. Eles estavam há duas semanas nessa casa alugada, não tinham nem o contrato ainda”, detalhou o delegado.

Marcelo, que foi assassinado com disparos de arma de fogo e também com facadas, foi localizado na parte externa da residência. O delegado suspeita que ele tenha tentado fugir. O outro corpo foi encontrado no interior da residência. “Não temos dúvidas de que foi execução. Trata-se de um duplo homicídio. Os indivíduos chegaram lá (na casa) devidamente para matá-los, era uma residência bem simples e nada foi roubado”, enfatizou o delegado. Huppes afirmou que a Polícia Civil vai apurar a motivação e também a autoria do crime.