Correio do Povo | Notícias | Tiroteios após intervenção no Rio sobem de 1.299 para 1.502, diz observatório

Porto Alegre, terça-feira, 20 de Agosto de 2019

  • 26/04/2018
  • 12:20
  • Atualização: 12:37

Tiroteios após intervenção no Rio sobem de 1.299 para 1.502, diz observatório

Durante os dois meses de ocupação militar foram registrados 294 mortes

Tiroteios após intervenção no Rio sobem de 1.299 para 1.502, diz observatório | Foto: Carl de Souza / AFP / CP

Tiroteios após intervenção no Rio sobem de 1.299 para 1.502, diz observatório | Foto: Carl de Souza / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

Com o título "À Deriva: sem programa, sem resultado, sem rumo", o Observatório da Intervenção Militar no Rio de Janeiro, da Universidade Cândido Mendes, divulgou nesta quinta-feira o seu primeiro relatório, mostrando que os tiroteios aumentaram na cidade após a chegada dos militares.

Segundo o relatório, o número de tiroteios subiu de 1.299 nos dois meses antes da Intervenção para 1.502 nos dois meses de ocupação. Durante os dois meses de intervenção foram registradas 294 mortes e 193 feridos, informou o relatório da Cândido Mendes.

O levantamento aponta que, em 70 operações monitoradas entre 16 de fevereiro e 16 de abril, onde foram empregados 40 mil homens, apenas 140 armas foram apreendidas, sendo que vinte e cinco pessoas morreram.