Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

  • 14/12/2017
  • 14:21
  • Atualização: 14:32

Rodrigo Maia marca votação da reforma da Previdência para 19 de fevereiro

Governo diz que aprovação é fundamental para as contas públicas

Rodrigo Maia marca votação da reforma da Previdência para 19 de fevereiro  | Foto: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados / CP

Rodrigo Maia marca votação da reforma da Previdência para 19 de fevereiro | Foto: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

* Com informações da AE

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marcou o debate da reforma da Previdência para 5 de fevereiro, e o início da votação para logo depois do Carnaval, a partir do dia 19 do mesmo mês.

Depois de se reunir hoje com o relator da proposta, Arthur Maia (PPS-BA), o presidente da Câmara disse que

foram feitos alguns ajustes no relatório que será lido em plenário ainda nesta quinta, a partir das 15h.

O anúncio encerra um período de desentendimentos entre deputados da base aliada e o governo sobre quando a matéria deveria ser submetida a análise dos parlamentares.

Ontem, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), se antecipou a Maia e anunciou que o texto da reforma seria votado somente no próximo ano. O anúncio provocoiu a queda da Bolsa, alta do dólar e gerou saia-justa para a equipe econômica.

Hoje, o relator da reforma na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), apresentará o texto-base da proposta que será encaminhada ao plenário para votação. Segundo Rodrigo Maia, "99% do que for a voto será apresentado hoje pelo relator".

Segundo o presidente da Câmara, a expectativa do governo é votar as novas regras para a aposentadoria no País até abril de 2018, "para tirar esse processo eleitoral".

Segundo Rodrigo Maia, houve "contaminação" do texto inicial e uma "comunicação pouco efetiva", mas até fevereiro haverá todas as condições para colocar a proposta em pauta.

"A recepção da sociedade já melhorou muito, tende a melhorar nas próximas semanas. No dia 19, uma segunda-feira, a

matéria vai estar pronta para pauta e vamos começar a votação da reforma da Previdência. A data está colocada para que cada deputado possa organizar sua programação e para que a gente possa votar essa matéria. Espero eu que a gente possa ter essa matéria aprovada porque é fundamental para o Brasil", declarou o presidente da Câmara.