Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Abril de 2017

  • 20/04/2017
  • 19:39
  • Atualização: 19:50

Temer pede ajuda a Silvio Santos na defesa da reforma da Previdência

Ideia do presidente é usar o poder de comunicação do apresentador para defender o projeto com a população

Ideia do presidente é usar o poder de comunicação do apresentador para defender o projeto com a população | Foto: Lourival Ribeiro / SBT / CP

Ideia do presidente é usar o poder de comunicação do apresentador para defender o projeto com a população | Foto: Lourival Ribeiro / SBT / CP

  • Comentários
  • AE

O presidente Michel Temer terá um jantar na noite desta quinta-feira com o empresário e apresentador Silvio Santos. O encontro servirá, principalmente, para que Temer acerte com o comunicador de televisão, que tem grande penetração nas classes populares, uma ajuda ao governo na desmistificação no que o governo chama de "mentiras" que estão sendo ditas a respeito da reforma da Previdência. O encontro foi acertado na semana passada, quando Temer esteve em São Paulo cortando o cabelo no salão do cabeleireiro Robson Jassa. Além de Jassa, um outro amigo comum e também apresentador do SBT, Carlos Roberto Massa, o Ratinho, ajudou a costurar a conversa entre Temer e Silvio Santos para ajudar o governo na comunicação sobre a reforma da Previdência.

A ideia do presidente é usar o poder de comunicação de Silvio Santos para que ele possa dizer à população a importância de se promover as reformas nas regras de aposentadoria dos trabalhadores, afirmando a todos, inclusive, que não haverá prejuízo para quem já alcançou o direito ao benefício.

O presidente quer explicar a Silvio Santos tudo que está sendo desenhado na reforma e intenção é que o próprio apresentador faça a defesa do projeto para o seu público. A estratégia de comunicação será conversada neste encontro. Inicialmente não há intenção de Temer ir ao programa do Silvio, mas o próprio usar seu espaço para explicar a necessidade das mudanças mas, principalmente, assegurando que não vão acabar com aposentadorias ou direitos. Em um segundo momento Temer até poderia gravar para o programa, mas isso não foi preestabelecido.

Ao conversar com seu cabeleireiro, na semana passada, Temer se lamentou em relação às dificuldades e resistência que estava enfrentando na reforma da Previdência. Jassa, então, falou que Ratinho poderia ajudá-lo e Ratinho sugeriu, então, que Temer precisava falar com Silvio Santos sobre isso, porque ele poderia ajudá-lo. "Então, marca com o Silvio", disse Temer a Ratinho, na semana passada. Esta semana, Ratinho e Temer conversaram novamente, desta vez por telefone, e agendaram o jantar com Silvio para esta quinta.

Ratinho já se comprometeu com Temer a falar com o seu público sobre a importância da reforma. O apresentador defende as mudanças nas regras de aposentadoria. Em uma segunda oportunidade, em data ainda a ser marcada, o presidente poderá, também, aparecer no programa de Ratinho. Temer embarcou para São Paulo no final da tarde e deve voltar para Brasília nesta sexta-feira.

O presidente tem intensificado sua agenda de entrevistas e encontros com políticos, em uma verdadeira romaria em defesa da reforma da Previdência. Esta semana foram apresentadas as primeiras campanhas com mensagens mais apelativas e outras já estão sendo preparadas. Além de propaganda defendendo as mudanças na Previdência, o Planalto quer divulgar proximamente, também, uma campanha defendendo a reforma trabalhista, que é alvo de ataques de sindicalistas. A ideia é colocar esta propaganda no ar antes de serem iniciadas as manifestações programadas para o dia do trabalho.

Temer também está programando uma ida ao Nordeste na quinta-feira. Ele quer ir ao Recife, visitar o porto de Suape, visita recorrente dos ex-presidentes petistas. O presidente está em busca de penetração no Nordeste, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mantém-se na dianteira em popularidade.