Correio do Povo | Notícias | MDB adere ao governo Eduardo Leite

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de Junho de 2019

  • 17/12/2018
  • 13:32
  • Atualização: 15:04

MDB adere ao governo Eduardo Leite

Medida foi aprovada no Diretório Estadual da sigla

MDB decide aderir ao governo Eduardo Leite | Foto: Carla Garcia / MDB / Divulgação / CP

MDB decide aderir ao governo Eduardo Leite | Foto: Carla Garcia / MDB / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O MDB estadual decidiu, nesta segunda, aderir ao governo Eduardo Leite (PSDB). A medida foi aprovada por 47 votos favoráveis, nove contra e dois nulos em eleição no Diretório Estadual da sigla. 

O presidente do partido no RS, Alceu Moreira, optou para que coubesse ao colegiado avaliar o convite feito pelo governador eleito para integrar à base aliada. Segundo o partido, a semelhança do projeto de Leite ao do governo José Ivo Sartori foi a principal justificativa para os defensores do ingresso. "Não foram nossas ideias que perderam a eleição, e sim as circunstâncias que marcaram o nosso governo", disse o secretário de Segurança Pública do Estado, Cézar Schirmer, segundo publicado no site da legenda.

• MDB e PSDB se reaproximam no RS e em Porto Alegre

O secretário-geral do MDB, deputado Gabriel Souza, também sustentou a proximidade programática entre o atual e o futuro governo. Ele detalhou que o partido apresentará ao governador Eduardo Leite uma carta de princípios. Alguns pontos já foram previamente litados pela pela bancada do MDB na Assembleia legislativa, como a continuação da política de responsabilidade fiscal, a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal, a manutenção da política de segurança pública, através de PPP, e a manutenção dos programas sociais, como o Centro de Referências da Juventude.

Espírito natalino

Em entrevista ao programa Esfera Pública desta segunda-feira o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, em tom jocoso, disse que a aproximação entre as siglas, que também deve ocorrer em nível municipal, é resultado do "espírito natalino típico de final de ano". Em seguida o prefeito afirmou que ambos os partidos sempre estiveram muitos próximos e que têm um ideal comum: fazer as reformas das estruturas para, reorganizada a casa (Estado ou município) se possa entender de onde vêm os recursos e para onde são destinados.