Correio do Povo | Notícias | Alckmin elogia carta de FHC, mas diz que não vai procurar candidatos no momento

Porto Alegre, domingo, 16 de Junho de 2019

  • 21/09/2018
  • 15:40
  • Atualização: 15:41

Alckmin elogia carta de FHC, mas diz que não vai procurar candidatos no momento

Ex-presidente criticou falta de diálogo e radicalismo nas eleições

Por meio do Twitter, ex-presidente recomendou candidato tucano à presidência | Foto: Evaristo Sa / AFP / CP Memória

Por meio do Twitter, ex-presidente recomendou candidato tucano à presidência | Foto: Evaristo Sa / AFP / CP Memória

  • Comentários
  • AE

O candidato à Presidência do PSDB, Geraldo Alckmin, elogiou nesta sexta-feira a carta publicada na véspera pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, mas disse que, no momento, não vai procurar os demais candidatos classificados como de centro. O tucano, que cumpre agenda de campanha em Recife, disse que não vai fazer o movimento, sugerido por FHC, em respeito às demais candidaturas. "Não vou procurar candidatos. A ideia é uma reflexão junto ao eleitorado", disse.

Em uma carta divulgada na quinta-feira, nas redes sociais, o ex-presidente voltou a defender uma união de candidatos à Presidência contra aqueles que apostam em "soluções extremas". Sem citar Alckmin no texto, FHC disse ainda que a convergência deveria se dar em torno de quem apresentar mais chance de ganhar a eleição.

Após a publicação, o ex-presidente escreveu em seu perfil no Twitter que "quem veste o figurino" é Alckmin.