Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

  • 23/10/2017
  • 07:58
  • Atualização: 08:53

Colheita de tabaco ganha abertura oficial no Rio Grande do Sul

Evento ocorre em Venâncio Aires, no dia 27 de outubro

Colheita ganha de tabaco abertura oficial no Rio Grande do Sul | Foto: Inor Assmann / Gazeta do Sul / CP Memória

Colheita ganha de tabaco abertura oficial no Rio Grande do Sul | Foto: Inor Assmann / Gazeta do Sul / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

O início da colheita do tabaco passa a contar com um evento festivo. A primeira edição irá ocorrer nesta sexta-feira em Venâncio Aires, segundo maior produtor do Brasil. O evento, sediado na localidade de Estância Nova, é promovido pela Secretaria de Agricultura, Sinditabaco, Afubra e Prefeitura de Venâncio Aires. A programação inclui uma demonstração da colheita.

Para o presidente do Sinditabaco, Iro Schünke, o evento serve também para reforçar alertas. “Já estamos há alguns anos conscientizando os produtores sobre a importância do uso da vestimenta de colheita para a prevenção da Doença da Folha Verde do Tabaco. Pesquisas científicas comprovaram que a proteção chega a 98%”, destaca. A vestimenta, composta por calça e blusa leves e impermeáveis e luvas de nitrila, evita a absorção dérmica de nicotina.

Durante a abertura da colheita também ocorre a renovação do convênio do Programa Milho, Feijão e Pastagens no Rio Grande do Sul, que incentiva o cultivo de grãos e pastagem após a colheita do tabaco. Na safrinha de 2017, a diversificação rendeu aos produtores R$ 415 milhões em milho, R$ 128 milhões em feijão e R$ 57 milhões em soja. O Brasil é o 1º no ranking mundial de exportações de tabaco em folha há 24 anos e atualmente responde por 30% das exportações mundiais. Em 2016, foram embarcadas 483 mil toneladas.