Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 24 de Abril de 2018

  • 23/12/2017
  • 17:11
  • Atualização: 17:16

Edegar Pretto: Sperotto era muito claro e sem cartas na manga

Apesar de divergências de ideias, presidente da Assembleia exaltou trabalho da Farsul para o RS

Edegar Pretto destacou legado de Carlos Sperotto | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória

Edegar Pretto destacou legado de Carlos Sperotto | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Presidente da Assembleia Legislativa e governador em exercício do Estado, Edegar Pretto (PT) prestou condolências à família do presidente da Farsul, Carlos Sperotto, que faleceu neste sábado, em decorrência de um câncer. Pretto, que divergia das ideias de Sperotto, o qualificou como alguém que defendia suas ideias “sem cartas na manga e com muita clareza e convicção”.

“O pensamento do Sperotto era sempre muito clara. Ele defendia suas ideias com muita convicção. Tem o nosso respeito. Queremos transmitir o nosso sentimento pela passagem desta grande liderança”, afirmou, em entrevista à Rádio Guaíba. “O projeto que eu defendo em muitos momentos se desencontravam com os pensamentos que ele defendia. Ele era uma liderança que não atuava com cartas na manga e ele sempre era muito claro. Ele defendia o projeto que ele acreditava que era o certo”, disse. “Foi um guerreiro, incansável nesta causa. Pelo reconhecimento de seus companheiros que ele ficou tantos anos à frente da Farsul. Foi sem dúvida nenhuma uma perda para o Rio Grande do Sul.”

Também deputado estadual, Frederico Antunes (PP) definiu Sperotto como “um grande parceiro e líder que demonstrava sempre, com muita ênfase, a sua determinação”. Antunes ressaltou o legado de Sperotto: “Ficamos tristes com a sua passagem, mas fica a boa imagem, do grande e determinado líder que nós – e eu particularmente – tivemos a oportunidade de conviver”.

O deputado federal Darcísio Perondi (PMDB) qualificou a morte de Carlos Sperotto como “uma perda irreparável”. O parlamentar destacou o avanço da Farsul ao longo de seu mandato: “Ele ficou 20 anos e sempre se inovou”.

O velório de Carlos Sperotto vai ocorrer a partir das 21h deste sábado na Farsul, na Praça Professor Saint-Pastous, 125, em Porto Alegre. A previsão é de que a cerimônia ocorra até as 11h de domingo, quando o corpo irá para o Crematório Metropolitano.