Correio do Povo | Notícias | Urubu choca ovos em cima de forno de barro em Porto Mauá

Porto Alegre, sábado, 17 de Agosto de 2019

  • 05/09/2016
  • 09:41
  • Atualização: 10:05

Urubu choca ovos em cima de forno de barro em Porto Mauá

Animal já havia gerado filhotes no início do ano

Urubu volta a chocar ovos em cima de forno de barro  | Foto: Vilson Winkler / Especial / CP

Urubu volta a chocar ovos em cima de forno de barro | Foto: Vilson Winkler / Especial / CP

  • Comentários
  • Vilson Winkler

No final do mês de agosto de 2016, uma fêmea de urubu voltou a chocar ovos em cima de de um forno de barro, numa propriedade rural abandonada no interior de Porto Mauá. O casal de urubus, que já havia gerado dois filhotes no início do ano, agora já está chocando os novos ovos.

Com a chegada do veículo ao local afastaram-se do ninho, primeiramente ficaram próximo, após se deslocaram até uma árvore localizada nas proximidades. Enquanto foram sendo tiradas as fotos uma das aves retornou caminhando, pela plantação de aveia, emitindo grunidos para afugentar o invasor e defender o ninho. Normalmente costumam ficar no alto de uma árvore e vomitam um líquido de forte odor para afastar os inimigos naturais.

Os ovos estão bem protegidos, em cima do forno quadrado, entre o telhado e forno. Como esta propriedade é abandonada, é um local ideal para se procriarem. Normalmente constroem ninhos no chão ou em arbustos secos e espinhosos, longe da presença humana, nunca são feitos a mais de 50cm de altura. Os ovos são de cor cinza ou verde-pálida, incubados por ambos os genitores durante 32 a 40 dias.

Os juvenis eclodem com plumagem branca e são alimentados por regurgitação. Com o passar dos dias, os juvenis ganham uma cor branco-rosada e penas um pouco azuladas. O primeiro voo ocorre por volta das 10 a 11 semanas de vida e com cerca de três meses já têm a plumagem de adulto.