Correio do Povo | Notícias | Municipários de Porto Alegre fazem ato junto ao prédio do Dmae nesta segunda

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Julho de 2019

  • 19/08/2018
  • 15:55
  • Atualização: 15:56

Municipários de Porto Alegre fazem ato junto ao prédio do Dmae nesta segunda

Manifestação ocorre a partir das 8h

  • Comentários
  • Heron Vidal

Em greve geral por tempo indeterminado desde 31 de julho passado, os municipários de Porto Alegre começam a semana com ato às 8h desta segunda junto ao prédio do Dmae, na praça Princesa Isabel. "Vamos denunciar a precarização e o desmonte no Departamento, com terceirizações. Isso está acontecendo em toda a função pública na Capital", protesta a diretora do Sindicato dos Municipários (Simpa), Luciane Pereira da Silva.

Foram atingidas pela paralização as áreas da saúde, da educação, o DMLU e outros órgãos da administração (secretarias) do governo Nelson Marchezan Júnior, com impacto no atendimento público.Conforme o diretor-geral do Simpa, Alberto Terres, os municipários estão cumprindo as exigências da legislação relativa à greve: estão sendo atendidos 50% dos serviços essenciais e 30% do funcionamento das áreas não essenciais.

Além da manifestação no Dmae, a semana terá piquetes de convencimento - não impedem o acesso de servidores diz Terres - em órgãos de atendimento, como o HPS e Hospital Presidente Vargas, e mobilização nos locais de trabalho. Os municipários exigem reajuste salarial com reposição da inflação pela variação do IPCA de maio de 2016 a abril de 2018, correspondente ao índice 6,85%.

Os projetos enviados à Câmara contrários aos interesses da categoria foram o estopim da greve. Além das reivindicações, a categoria (17 mil trabalhadores ativos) quer recuperar as perdas salariais históricas, calculadas em 8,85% e melhoria das condições de trabalho, e convocação de concursados entre outras.