Correio do Povo | Notícias | Quatro dramas entram em cartaz no Porto Verão Alegre nesta terça

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Junho de 2019

  • 21/01/2019
  • 15:44
  • Atualização: 16:50

Quatro dramas entram em cartaz no Porto Verão Alegre nesta terça

Espetáculos ganham diferentes palcos da Capital nesta semana

"Os homens do triângulo rosa" será encenado no Teatro Renascença | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Quatro dramas entram para a programação do Porto Verão Alegre nesta terça-feira: "A fome", "Mulheragem", "Milhões contra um" e "Os homens do triângulo rosa". Os ingressos custam R$ 36 pelo site.

"A fome" será encenado nesta terça e na quarta-feira, às 20h, no Instituto Ling (João Caetano, 440). Entre revelações pouco palatáveis e a exposição de uma fome voraz pela vida, o espetáculo incorpora circunstâncias míticas e críticas sobre o feminino numa performance-limite entre o ritual e o cyber. A peça é estrelada por Sissi Betina Venturin e mostra uma mulher sem nome nem espaço, que se dilata guiada por uma chama primitiva e implacável.

Já no Teatro de Arena ( Borges de Medeiros, 835), "Mulheragem" será apresentado até quinta-feira, sempre às 21h. A montagem reúne sete cenas curtas que refazem a memória de mulheres na história e denunciam as violências cometidas contra elas. O elenco conta com Silvana Rodrigues, Juliana Wolkmer, Juçara Gaspar, Manuela Miranda, Juliana Kersting, Iassanã Martins e Daniele Zill. A direção é de Guadalupe Casal.

"Milhões contra um" ganha o palco da Sala Álvaro Moreyra (Erico Verissimo, 307) de terça até quinta, às 21h. Com Lisiane Medeiros e Carlos Azevedo no elenco, a peça traz uma mulher poderosa, portando uma bomba, que escolhe um homem de status para morrer com ela. Desenvolve-se, então, um diálogo entre estas duas figuras, que criam um embate que relaciona a efemeridade do momento de interação entre artistas e espectadores com a transitoriedade da vida. 

Por fim, "Os homens do triângulo rosa" fica em cartaz no Teatro Renascença (Erico Verissimo, 307), até quinta, sempre às 21h. O espetáculo retrata a história dos “triângulos rosas”, denominação pela qual são conhecidos os homossexuais que foram perseguidos pelo regime nazista, expondo a crueza do tratamento dispensado aos prisioneiros e acenando com a esperança de sobreviver à brutalidade por meio do amor pelo semelhante. Marcelo Ádams, Frederico Vasques, Gustavo Susin, Gisela Habeyche, Pedro Delgado, Alex Limberger, Edgar Rosa e Elda Pires estão no elenco.