Correio do Povo | Notícias | Em Salvador, Léo Ceará marca de novo e Vitória derrota o América-MG por 1 a 0

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Junho de 2019

  • 01/09/2018
  • 18:42
  • Atualização: 18:45

Em Salvador, Léo Ceará marca de novo e Vitória derrota o América-MG por 1 a 0

Time baiano conseguiu seu segundo triunfo consecutivo no Brasileirão

Em Salvador, Léo Ceará marca de novo e Vitória derrota o América-MG por 1 a 0 | Foto: Mauricia da Matta / Vitória / Flickr / CP

Em Salvador, Léo Ceará marca de novo e Vitória derrota o América-MG por 1 a 0 | Foto: Mauricia da Matta / Vitória / Flickr / CP

  • Comentários
  • AE

Léo Ceará conseguiu repetir o roteiro no estádio Barradão, em Salvador. Neste sábado, o camisa 18 marcou o gol que decretou o triunfo do Vitória por 1 a 0 contra o América-MG, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a segunda bola na rede do atacante em três jogos, que também foi o herói na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético Mineiro no último final de semana. Com o resultado, o time de Salvador se afasta do rebaixamento. O técnico Paulo César Carpegiani ainda vai ter que esperar os outros resultados da rodada para saber se vai conseguir abrir vantagem dos últimos colocados. Ainda assim, o segundo triunfo consecutivo levou o clube para 25 pontos, enquanto que o América-MG segue com 26.

Não faltou emoção no primeiro tempo do jogo. Com apenas 15 minutos de bola rolando, Rafael Moura deixou o América-MG com um jogador a menos. Em uma dividida, o atacante acertou uma cotovelada no rosto de Erick e acabou expulso. Em vantagem numérica, o Vitória tinha o cenário perfeito para crescer de produção, mas não conseguia criar uma oportunidade clara de vazar o goleiro João Ricardo. Com 25 minutos, Yago sentiu um problema na coxa direita e pediu para ser substituído. Carpegiani chamou o atacante André Lima para entrar no seu lugar, com o intuito de ganhar uma referência no campo de ataque. Depois foi a vez de Rodrigo Andrade deixar o gramado para a entrada de Marcelo Meli, desta vez por opção técnica.

As duas alterações ainda na primeira parte do primeiro tempo mexeram com o jogo. Aos 38 minutos, Erick recebeu com liberdade pela ponta, carregou para o meio, ameaçou um chute e cortou a marcação. Ele puxou para a perna direita e bateu rasteiro para defesa de João Ricardo. O Vitória conseguia manter a posse de bola, mas não tinha velocidade para surpreender a marcação do adversário. Com um a menos, o América-MG jogava basicamente no contra-ataque, esperando um erro.

O Vitória voltou para o segundo tempo com muito mais intensidade. Com dois minutos, em cobrança de escanteio fechada pela direita, João Ricardo não afastou e a bola ficou viva dentro da pequena área. Bruno Bispo tentou escorar para o fundo das redes, mas Messias conseguiu tirar em cima da linha. Carlinhos ainda precisou completar o serviço e isolar pra frente, afastando perigo. Depois de tanto pressionar, o Vitória conseguiu abrir o placar com um golaço de Léo Ceará. O atacante recebeu com liberdade pelo meio, ajeitou o corpo e bateu com força, no cantinho de João Ricardo.

A bola ainda explodiu nas duas traves e rolou em cima da linha antes de entrar, aos 11 minutos. Com o gol, o time da casa só cresceu de produção e poderia ter ampliado o resultado, mas acabou parando no goleiro do América-MG. Nesta quinta-feira, às 19 horas, o Vitória vai até o Rio de Janeiro para jogar contra o Fluminense no estádio do Maracanã, enquanto que o América-MG recebe o Vasco em Belo Horizonte, no estádio Independência, às 20 horas, pela 23.ª rodada.