Correio do Povo | Notícias | IBGE prevê safra 3,1% maior em relação a 2018

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Junho de 2019

  • 10/01/2019
  • 10:16
  • Atualização: 10:22

IBGE prevê safra 3,1% maior em relação a 2018

Expectativa dos técnicos é um aumento na área plantada de milho, devido as chuvas que permitiram o plantio antecipado

Expectativa dos técnicos é um aumento na área plantada de milho, devido as chuvas que permitiram o plantio antecipado | Foto: Felipe Dorneles / Especial / CP

Expectativa dos técnicos é um aumento na área plantada de milho, devido as chuvas que permitiram o plantio antecipado | Foto: Felipe Dorneles / Especial / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A safra de cereais, leguminosas e oleaginosas deste ano deve ser 3,1% maior do que a produção de 2018. A estimativa é do terceiro prognóstico para a safra de 2019, divulgado nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que prevê uma produção de 223,4 milhões de toneladas.

A safra de 2018 ainda não foi calculada, mas a última previsão do IBGE, feita em dezembro, indica que o ano fecharia com uma produção de 226,5 milhões de toneladas, 5,9% inferior ao total de 2017.

IBGE prevê safra de grãos 1,7% maior em 2019

Segundo o IBGE, para este ano são esperados crescimentos para a soja (0,8%), as duas safras de milho (2,6% para a primeira safra e 11,1% para a segunda safra), para a segunda e a terceira safras do feijão (6,2% e 2,4%, respectivamente) e para o algodão herbáceo (6,6%).

No entanto, devem ter queda as produções de arroz (-4,8%), feijão primeira safra (-10,8%), trigo (-3,9%) e sorgo (-0,7%).

A alta de 2019 deve ser puxada principalmente pela Região Sul, cuja produção deve crescer 5%, passando de 74,5 milhões de toneladas para 78,2 milhões. Principal centro produtor de grãos do país, o Centro-Oeste tem um crescimento previsto de 2,8%, passando de 101 milhões de toneladas para 103,8 milhões.

Produção de grãos em 2018 deve ser 5,9% menor que a 2017

A estimativa de dezembro para a safra nacional de grãos em 2018 totalizou 226,5 milhões de toneladas, 5,9% inferior à obtida em 2017. Dos principais produtos, houve quedas de 18,3% na colheita do milho e de 5,8% do arroz, enquanto a safra da soja aumentou 2,5%.

A expectativa da área total a ser colhida também caiu e alcançou 60,9 milhões de hectares, uma queda de 0,4% frente a 2017. Entre os estados, o Mato Grosso é líder na produção nacional de grãos, com uma participação de 26,9%, seguido pelo Paraná, com 15,5%, e Rio Grande do Sul, 14,6%. Juntos, os três estados respondem por 57% da safra nacional.