Correio do Povo | Notícias | Após críticas, filho de Chorão diz que show do Charlie Brown Jr. não será volta da banda

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Julho de 2019

  • 22/01/2019
  • 17:50
  • Atualização: 18:41

Após críticas, filho de Chorão diz que show do Charlie Brown Jr. não será volta da banda

Apresentação na próxima sexta havia sido anunciada como retorno do grupo

Filho de Chorão gravou vídeo ao lado de Pinguim, Heitor e Marcão | Foto: Instagram / Reprodução / CP

Filho de Chorão gravou vídeo ao lado de Pinguim, Heitor e Marcão | Foto: Instagram / Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Depois de anunciar a volta do Charlie Brown Jr, o filho do cantor Chorão, Alexandre Abrão, utilizou o Instagram para esclarecer o que chamou de “um mal-entendido”. Ao lado de Marcão Britto, Heitor Gomes e Pinguim, ele afirmou que o show anunciado para esta sexta, no aniversário de São Paulo, não marcará o retorno da banda e sim um encontro para honrar o grupo e seu legado.

“Quando a gente iniciou esse projeto, lá em 2014, o intuito dele sempre foi celebrar a vida do Charlie Brown Jr. Sempre foi celebrar a história do Charlie Brown Jr. Nós sabemos que não existe Charlie Brown sem o Chorão. E a gente não quer substituir o Chorão. A gente não quer substituir o Champignon. A gente não vai lançar músicas novas. Isso não é uma banda nova, a banda não vai voltar”, afirmou.

História Mal Escrita

O filho de Chorão ainda aproveitou os vídeos para falar sobre problemas envolvendo o guitarrista Thiago Castanho. No sábado, o comunicado da banda dizia que o músico participaria do show, mas logo depois da divulgação foi informado que ele havia desistido “por um motivo de saúde”. No mesmo dia, Thiago reagiu e disse que as informações não procediam: “O Charlie Brown Jr. não vai voltar, porque Charlie Brown Jr. sem Chorão não existe. Não faço parte deste tributo”, afirmou ainda no sábado, ocasião em que ele contou estar bem de saúde.

No vídeo publicado na segunda, Alexandre Abrão revelou que foi até a casa de Thiago para convidá-lo para o projeto e que o músico pediu um tempo para avaliar, mas acabou aceitando participar do show e da possível turnê. O filho de Chorão diz também que “pra deixar as coisas mais legais e mostrar que todo mundo estava unido, falei que o Thiago não ia participar desse show por um motivo dele, por um motivo de saúde e fui extremamente mal interpretado por fãs e pelo próprio Thiago”. Na sequência, ele se desculpa: “Gostaria de pedir desculpas pro Thiago mesmo e pra todo mundo que se sentiu ofendido se caso tenham entendido por mim que ele estava doente".

“Tanta gente equivocada faz mal uso da palavra”

Pouco depois da publicação dos vídeos de Alexandre na página do Charlie Brown Jr., Thiago Castanho também usou o Instagram para falar sobre o assunto. Ele contou que foi procurado há 15 dias para participar do show e da possível turnê, que segundo ele, teriam forma de “tributo”, e que “estava de acordo” por saber da importância do Charlie Brown para os fãs e para ele, pelo tempo dedicado à banda. “Aceitei participar de uma homenagem ao Chorão e Champignon, mas no desenrolar dos dias, percebi que não se tratava de um tributo, muito menos homenagem, como se confirmou nas redes sociais e por alguns responsáveis do evento, quando escrito que era A volta do CBJR, e agora a história vem sendo totalmente distorcida do que divulgaram no sábado! Para mim tudo muda completamente de eixo, afinal show 'tributo' é bem diferente de uma “volta oficial”!”, escreveu o guitarrista.

Ele reafirmou que não faz parte desta possível volta do Charlie Brown Jr. “Em momento nenhum eu quis desrespeitar os outros integrantes e todos os envolvidos nesse projeto, mas me senti extremamente desrespeitado ao citarem que eu não participaria deste show por motivos de doença e inclusive existiu uma resposta, onde falava que eu me senti despreparado para tocar. Como vocês vêm acompanhando, estou na ativa, trabalhando em cima do meu projeto solo, eles não tinham o direito de divulgar uma falsa informação a meu respeito!”, finalizou, dizendo que agora o assunto está encerrado para ele.

“Tâmo Aí na Atividade”

Em meio à polêmica, o guitarrista Marcão Britto, único integrante da formação original no projeto, colocou panos quentes. Após festejar a “volta” do grupo no sábado passado, ele publicou vídeos definindo a apresentação de sábado como uma “celebração” ao Charlie Brown Jr. – assim como eventos realizados em 2014 e 2016. Marcão ainda prometeu um “show interativo” e adiantou a “presença” de Chorão cantando músicas.