Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

  • 01/12/2017
  • 07:11
  • Atualização: 07:24

Produtor de "Supergirl" é demitido após acusações de assédio

Atriz que interpreta heroína se pronunciou no Twitter sobre demissão

Atriz que interpreta heroína se pronunciou no Twitter sobre demissão | Foto: Divulgação / Facebook / CP

Atriz que interpreta heroína se pronunciou no Twitter sobre demissão | Foto: Divulgação / Facebook / CP

  • Comentários
  • AE

O produtor de Supergirl, Flash e Arrow, Andrew Kreisberg, foi demitido na última quarta-feira após ser alvo de várias acusações de assédio sexual. Ele já havia sido suspenso de suas funções pela Warner Bros. Television no dia 10 de novembro. À época, 19 pessoas afirmaram ter sido assediadas ou ter presenteado assédio praticado por Kreisberg.

A Warner emitiu uma declaração ao E! Online na qual dizia que tinha tomado a decisão de despedir o produtor "depois de uma investigação minuciosa". Quem assumirá o posto de Kreisberg em Flash e Supergirl será Greg Berlanti, roteirista norte-americano e produtor Berlanti Productions, empresa que realiza as séries com a Warner.

A atriz protagonista de Supergirl, Melissa Benoist, havia se pronunciado sobre as denúncias assim que foram relevadas. "Eu acredito que mudanças são possíveis e quando as pessoas são maltratadas, elas devem ter lugar seguro para falar suas verdades e sempre serem ouvidas. E quando pessoas cometem crimes ou assediam outras, elas devem ser sempre responsabilizadas - não importa qual área elas trabalhem ou quanto poder eles têm", publicou ela em seu Twitter.